BelPortal

Notícias em geral

BelPortal

Mês: setembro 2017

5 DICAS PARA CRIAR UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL

Ter um estilo de vida saudável é uma tarefa árdua, porem por mais trabalhoso que possa parecer não é impossível, com muita dedicação é possível realizar esse feito, com pequenas mudanças em seu cotidiano, a tão almejada vida saudável é alcançada.

Sonhamos com esse estilo de vida já pensando nos benefícios que esse futuro estilo de vida saudável pode agregar a sua vida, como por exemplo, aumento de alto-estima, aumento da sensação de bem-estar e ainda uma saúde melhor, porém não são somente esses feitos.

Por que ter uma vida saudável é importante?

Quanto mais saudável sua vida se torna, mais benefício descobrimos, no entanto nem todos os benefícios são sentidos de imediato e sim num trabalho a longo prazo, por isso que a desistência é algo que deve estar longe de sua mente, foco no que deseja deve ser seu principal objetivo nesse momento, desistir jamais.

Nunca devemos esquecer que estar saudável é a mera conjunção de bem-estar de seu estado mental, físico e social, por isso muitos não conseguem atingir esse tão sonhado estilo de vida, pois somente se focam no físico, esquecendo que uma mente boa e uma vida social equilibrada fazem parte desse estilo de vida.

Com isso segue 5 importantes dicas de criar um tão sonhado estilo de vida saudável.

1ª DICA: ALIMENTAÇÃO E ATIVIDADE FÍSICA

Criar, ter e ainda conseguir manter uma alimentação balanceada com o que é necessário para sua saúde, sem deixar nutrientes faltantes, é uma tarefa difícil, mas que com muito trabalho a pequenos passos nada que seja impossível, isso junto com pratica diária de atividade física, faz seu organismo responder de diferentes formas, mas sempre para o seu melhor.

Isso sempre pode ser moldado de acordo com seus gostos, costumes, condição e vontade.

Pois não podemos nos forçar, se não deixa de ser uma vida que queremos e que vamos aproveitar para se tornar uma vida de obrigações.

Aqui você pode construir um diário alimentar, que simplesmente você vai anotando sua mudança gradativamente, e o aumento da pratica de atividade física, isso gera com que seu subconsciente sinta a necessidade de sempre estar aumentando sua capacidade, fazendo a quebra de limites.

2ª DICA: ROTINA

A segunda dica equivale em uma coisa que todos temos, mas é administrado de modo errôneo, a rotina, crie uma rotina sua onde o modo de se alimentar e tempo de atividade física sejam prioridades.

Temos uma tendência interna onde sempre que colocamos uma atividade, um feito, uma missão como prioridade, nosso organismo vai trabalhar em prol daquilo, com isso colocando isso na sua rotina como prioridade, esses feitos sempre estarão sendo cumpridos.

3ª DICA: PROCURE UM MÉDICO E REALIZE EXAMES MENSAIS

Essa dica deve se tornar parte da sua rotina, como algo comum a se apreciar, isso para que mantenha e que saiba se as mudanças realizadas estão fazendo efeito positivo em seu organismo.

Mas também para saber o que mudar e o que não mudar, assim saberá como modificar de modo mais saudável sua rotina, evitando e até mesmo tratando possíveis doenças.

4ª DICA: DESISTA DE MAL HÁBITOS

O que são mal hábitos?

É tudo aquilo que não contribua para sua nova missão, que é conseguir criar um estilo de vida saudável.

Então vícios como fumar, beber e até mesmo permanecer muito tempo sentada, pegar o carro para ir na padaria da esquina, ficar muitas horas sem dormir ou sem comer, todo hábito que diariamente achamos que não fazem nada, mas que eles juntos no final do mês, fazem um grande estrego em nosso estilo de vida.

Desistir destes hábitos irá trazer uma série de benefícios a sua saúde, tão como irá ajudar você a curar doenças comuns do dia a dia, como enxaqueca e a má digestão, conforme mostra o site http://comoacabarcomazia.com/

5ª DICA: RELAXE E APROVEITE A VIDA

Lembram-se de quais são os três itens que nos fazem ter uma vida saudável?

O bem estar do nosso estado físico, mental e social, assim nas quatro dicas anteriores trabalhamos o físico, desse modo não poderemos esquecer do social, por isso crie vínculos, faça novas amizades, mude seu vínculo de amigos se assim desejar e caso esses sejam prejudiciais a seu novo estilo de vida que está criando, por isso saia com amigos, familiares e ou até possíveis parceiros (as) românticos (as).

E do mesmo modo que não deixaremos de lado o nosso estado mental, não podemos esperar que uma depressão, ansiedade ou até nervosismo seja esquecido ou que sumam sozinhos, tratando todos como se você uma verdadeira doença para que essas sumam de sua vida, de uma vez por todas.

Ter uma vida saudável é fácil, basta querer!

São pequenas dicas que podem criar um ação e reação em sua vida, podendo aumentar sua longevidade de vida com mais disposição, com uma saúde mais estável e dura, podendo até mesmo prevenir doenças congênitas e ainda erradicar males.

Criando um estilo de vida mais saudável você só terá ganhos para o seu bem-estar, devemos trabalhar tudo para atingir uma mente saudável, com isso, e uma vida social e físico ativos, podemos considerar que criamos um estilo de vida saudável adaptável a seu modo de viver e ser.

5 DICAS PARA TER UMA SAÚDE DE FERRO

O que é ter uma boa saúde?

Ou ainda ter uma saúde de ferro?

A maioria das pessoas confundem essa resposta dizendo que para se ter uma saúde de ferro é preciso ser magra, ter o corpo nos padrões impostos pela sociedade, mas é nesse termo que todos estão enganados, para se ter uma saúde de ferro é somente ter todo o organismo funcionamento em seu pleno estado, sem problemas de saúde, sem exageros, sem vícios e pode não parecer mais a felicidade também está intimamente ligada a saúde, pois a mente faz parte do nosso corpo, assim uma mente saudável equivale a um corpo saudável.

Por isso, vamos esquecer por dois minutos a necessidade de estar nos padrões de beleza e pensar no que é melhor para nosso corpo, mente e organismo, com isso vamos dar cinco dicas para que tenham uma saúde de ferro ou pelo menos tentem alcançar, tudo isso sem mudar muita coisa em seu cotidiano e no seu modo de viver, e ainda sem querer mudar o que você é, por isso devemos fazer pequenas mudanças na alimentação, exercícios e estilo de vida, como vemos a seguir.

Dicas de como melhorar sua saúde

A primeira dica é sobre alimentação, mas não vamos falar nada de dietas mirabolantes, que prometem Deus e o mundo, porem que não conseguimos passar do segundo dia, esqueça dietas, afinal eles em muitas vezes passam longe de ser saudável, pois as mesmas não são boas para o organismo, além de desregular tudo por dentro nem sempre elas conseguem dispor de todos os nutrientes necessários para termos uma funcionalidade efetiva da nossa máquina que chamamos de corpo.

Por isso, vamos falar de coisas pequenas como mudanças gradativas na alimentação, como por exemplo colocar uma fruta de sobremesa ou ainda trocar o pão do café da manhã por um mingau de aveia ou um mamão.

São pequenos passos como esse que faz nossa saúde aumentar, pois o fast food que comemos não nos ajuda em nada.

Diga adeus a vícios maléficos!

A segunda dica é referente a vícios, ou seja, bebidas, tabaco e até mesmo aquele pequeno vicio que temos em celular.

Vícios nunca são bons, e se busca uma saúde de ferro uma das principais coisas que tens que deixar de lado são os vícios, isso deve ocorrer de uma vez por todas.

O tabaco em si já sabemos os males que traz a saúde, câncer, problemas no pulmão e neste caminho encontra-se muitas outras doenças, isso também é aplicado as bebidas alcoólicas e industriais como o refrigerante, mas tenho certeza que estão se perguntando e o celular?

Gente, já pararam para cronometrar o tempo que passa no celular?

Isso deixou de ser saudável a muito tempo, lembre-se que tem uma vida correndo lá fora e o tempo que está sentado olhando para o celular podia estar praticando um exercício, sedentarismo tem que virar coisa do passado.

A terceira dica é muito envolvente com a dica acima, pois são os exercícios.

Nem todo mundo tem tempo ou vontade de ir a uma academia, mas sabiam que dá para praticar exercícios em casa sem equipamentos, tem vídeos na internet que ajuda, e o resultado em muitos casos chega a ser melhor do que dentro de uma academia, e lembrem-se que não importa o tempo que praticar 5, 10, 30 ou 1 hora, o que mais importa é a iniciativa de iniciar nesta luta, que para uma saúde de ferro isso é fundamental.

A quarta dica é ligada a alimentação, mas focada na bebida, ou mais especificamente ainda na água.

Todos estamos fartos de escutar que é preciso beber 2 litros de água por dia, mas isso é verdade, não tem como mudar, primeiro pelo nosso organismo ser em grande parte feita de água e por perdermos essa água com o longo do dia, existe a necessidade de repor e segundo que a água limpa tudo por dentro, ou seja, deixa a máquina lubrificada.

A quinta e última dica é muito simples, seja feliz acima de tudo, e desencane do que é imposto para você seguir.

Para uma saúde de ferro é preciso uma alimentação equilibrada com todos os nutrientes necessários, uma vida menos sedentária e com hobbies mais criativos sem ser celular e afins, e uma mente sã, tudo isso junto faz toda a diferença no final do dia, da semana e do ano, fazendo com que seu organismo se torne mais forte, e chegando no objetivo que é ter uma saúde de ferro.¨

Não podemos achar que comer pouco nos fará ter uma boa saúde, pois muitas vezes comer pouco pode acarretar em problemas de saúde, deficiência no organismo, por isso uma boa alimentação, ligada com exercício físico diariamente, uma boa hidratação e juntamente com trabalhos para que nossa mente não fique parada, pois a mente precisa estar em seu pleno funcionamento para que tudo que foi dito anteriormente funcione e você conquiste sua tão sonhada saúde de ferro.

COMO TER MAIS QUALIDADE DE VIDA MUDANDO 5 HÁBITOS SIMPLES

Hábitos são manias, costumes e até mesmo vícios que fazemos diariamente e muitas vezes nem percebemos que estamos praticando uma coisa que nos vai afetar a vida de modo negativo.

Assim é muito fácil ficarmos doentes, estressados, ansiosos e até nervosos sem saber no certo o por que, sendo que muitas vezes colocamos a culpa na correria do dia a dia, mas vamos te dar cinco simples dicas que fará grande mudança na sua vida e em como a qualidade dos seus dias irão aumentar gradativamente.

A primeira dica que vamos dar é referente ao modo de acordar, pois como mudando o modo em que levantamos pode mudar nosso dia? É simples, podemos mudar é o modo que agimos ao acordar, em vez de ficar 10 minutos na cama pensando em nada, podemos praticar 10 minutos de exercícios que ao longo do dia, vai fazer com que todo o organismo funcione melhor, seu intestino, sua circulação e até seu cérebro terá um desempenho melhor, e outro grande benefício vai ser o aumento da sensação de bem-estar, fazendo com que aumente seu desempenho também; A segunda dica é sobre água.

Portanto, quantos litros de água normalmente é consumido por você diariamente? Muitos irão dizer que bebe 2 litros de água todos os dias, e os mais honestos iram dizer que bebem de acordo com a cede, ou ainda que em muitas ocasiões trocam a água por suco ou refrigerante, o que é muito errado.

Mas ninguém sabe os benefícios que a água gera em nosso organismo, como por exemplo: um copo de água ao acordar, faz com que os órgãos tenham um funcionamento melhor durante o dia e um copo de água antes de comer qualquer coisa faz com que diminua a fome, e é claro nosso corpo é 70 % água, com isso quanto mais água mais saudável a pessoa será, a água limpa o corpo tirando toda a impureza do corpo, ou seja um corpo mais limpo e mais leve; A terceira dica é sobre o sono.

Quantas horas você dorme?

6, 8 ou até 12 horas?

Tem pesquisas que apontam que enquanto você dorme seu cérebro está repassando tudo aquilo que aconteceu no período em que se manteve acordado e somente no terceiro nível do sono é que atingimos o momento de descanso ou ainda conhecido como sono ‘zen’, por isso é recomendado que todas as pessoas tenham no mínimo 8 horas de descanso contínuos sem acordar no meio ou interrupções, pois quando você acorda e volta a dormir, o sono é iniciado novamente no primeiro nível, ou seja, pode ocorrer de você não chegar no nível de descanso.

E não esqueça que enquanto dorme também perde peso, por isso nunca deite de estomago cheio, ou passe muito tempo pensando nos problemas da vida, pois uma noite mal dormida pode acarretar em problemas de sono mais tarde, enquanto um bom descanso faz com que todo seu organismo trabalhe melhor.

Lembrando que o corpo é igual uma máquina, muito tempo trabalhando faz com que a produtividade diminua.

A quarta dica é referente a comida.

Quantas vezes na semana consumimos uma fruta, legumes ou vegetais? Uma, duas, ou as vezes come somente o que vê pela frente sem prestar atenção.

Sabia que muitos problemas de enxaqueca estão relacionados com isso? Sim, a quantidade de açucares e sódio, faz com que nosso organismo retenha líquidos e os órgãos fiquem com falta de nutrientes, então que tal tentarmos trocar o pão da manhã por um mamão, ou o lanche da tarde por uma maça ou banana, de passos pequenos podemos fazer grandes mudanças, pense como pode ser bom ficar um dia inteiro sem dor de cabeça ou sentindo-se inchada; A quinta dica é ligado ao seu estado emocional.

No seu dia normalmente, faz alguma coisa para você? Sim, não ou talvez.

Mas isso é muito importante, ler um livro, tomar um banho demorado, qualquer coisa que te faça relaxar, isso parece besteira, mas é muito importante, pois nosso nível de stress, ansiedade e nervosismo, pode estar ligado a muitas doenças crônicas.

Como exemplo, se diminuir seu nível de nervosismo, pode evitar de ter uma gastrite nervosa, e aí por diante, como diminuir sua ansiedade pode fazer com que tenha perda de peso.

Problemas todos temos o que muda é como lidamos com ele, afinal problemas com o chefe lidamos na empresa e não em casa, problema com o estudo se vê na instituição de ensino, e problemas familiares o melhor é resolver de uma vez, evitando nervosismo desnecessário.

Qualidade de vida é essencial para ter uma saúde mais efetiva e sem surpresas no decorrer dos nossos dias, por isso pense mais em você e no seu bem-estar, pois o mundo vai continuar girando não importa o que você faça, por isso invista mais em si mesma e na sua qualidade de vida.

Assim, por muitas vezes esquecemos que o nosso corpo é intimamente ligado ao que acontece no exterior, por isso se exercitar mais, dormir de forma adequada, beber mais água no dia a dia, consumir menos produtos industrializados e disponibilizar mais tempo a você mesma, pode não parecer grande coisa, mas na máquina que chamamos de corpo, tudo isso é como uma essencialidade indispensável que faz com que nos gere uma saúde de ferro.

10 DICAS PARA ALIVIAR A AZIA NATURALMENTE (Garantido!)

Quando comemos demais, ou exageramos naquela pizza, lanche, macarronada, no almoço de família ou ainda naquele encontro com os amigos onde rolou umas bebidinhas, tem um mal que nos persegue e não adianta é inevitável, à azia, porém não podemos ficar toda hora tomando remédios para isso.

Mas o que são as azias?

A azia é conhecida como uma sensação de queimação, podendo irradiar pelo peito e pescoço, é causado pelo refluxo do suco gástrico, é um mal que assombra a vida de muitas pessoas, não deixando que aproveitem uma refeição em paz, em muitos casos pode afetar até o modo de viver da pessoa.

Assim, para tentar te auxiliar nesse male, segue 10 dicas de como aliviar a azia sem ministrar remédios, ou seja, naturalmente, mostrando o que é bom para azia e queimação!

1º Dica: MASCAR UM CHICLETE

Quem nunca mascou um chiclete? Acho que todo mundo já, mas uma coisa que você não sabia é que isso auxilia no alivio da azia.

Mas tem uma explicação bem cientifica para isso, quando mascamos um chiclete as glândulas salivares aumentam seu fluxo fazendo com que o ácido (suco gástrico) desça, ou seja empurrado novamente ao seu lugar de origem, saindo assim do esôfago, mas para que isso ocorrerá não podemos usar chicletes com açúcares, deve ser aquele sem açúcar encontrado em farmácias, padarias, mercados etc.

2º Dica: PERMANECER EM PÉ

No mesmo sentido da dica de cima, como o ácido (suco gástrico) tende a vir para o esôfago o melhor é que permaneça em posição frontal (em pé), para que o ácido dessa novamente para o estomago.

3ª Dica: COMA ALIMENTOS QUE TENHAM ANTIÁCIDOS

Coma algum alimento que contenha antiácidos, como: banana, bicarbonato com agua, chá de gengibre, pera, batata, milho, couve, pimentão, uva e salsão.

Sendo que esses são apenas alguns exemplos de comidas que podem aliviar a azia naturalmente, podendo ser em forma de suco, chás ou até mesmo puros, esses alimentos realizam tal função pois possuem neutralizantes para o ácido em sua composição.

Nunca utilize muitas vezes o bicarbonato, pois o mesmo pode mudar o pH do suco gástrico.

4º Dica: USE ROUPAS LARGAS

Recapitulando, o ácido (suco gástrico) está subindo saindo do estomago por meio do refluxo e subindo ao esôfago, fazendo com que haja a sensação de queimação, por isso não use nada que aperte como calças jeans, cintas, e etc., troque por uma roupa mais confortável e larguinha, pois quando uma roupa aperta a tendência é de que o suco gástrico suba cada vez mais.

5º Dica: COMA COM MAIS CALMA

Comer de modo mais calmo, a azia como já foi dita é ligada ao refluxo do suco gástrico e comer demasiadamente rápido só atrapalha ao sofredor de azia, pois o ácido tende a subir, saindo do estomago com o refluxo, pois a inserção de comida rapidamente aumenta a probabilidade de que ocorra o refluxo.

6º Dica: NÃO PERMANEÇA MUITO TEMPO EM JEJUM

Ficar muito tempo sem comer ou o conhecido jejum, não é saudável de nenhuma forma, a não ser que seja para realizar exames o que não ocorre sempre, evite ficar grandes períodos sem comer, pois quando o organismo fica muito tempo sem encontrar substancia que precisa para seu pleno funcionamento, o estomago tende a ficar mais agitado e o ácido (suco gástrico) tende a subir para o esôfago, causando a azia.

7º Dica: EVITE FUMAR E FUMANTES

Fique longe ou pelo menos tente ficar longe de quem fuma e se você mesmo pratica o ato de fumar tente ficar sem ou até mesmo largar de vez, lembrem-se que existe o fumante passivo, aquele que fica perto de quem fuma inspirando o ar.

Não esqueça que fumar é prejudicial à saúde.

8º Dica: DEITE DO LADO ESQUERDO

O nosso estomago tende a travar quando deitamos do lado esquerdo, impossibilitando o ácido (suco gástrico) de chegar até o esôfago.

9º Dica: EVITE CERTOS ALIMENTOS

Evite alimentos como: lácteos, ou seja, nada de beber um copo de leite; alimentos que contenha muito ou até tipos diferentes de açúcares; frituras; café; tabaco; bebidas alcoólicas; canela, cravo, pimenta, e etc.

10º Dica: MUDE SUA ALIMENTAÇÃO

Tenha uma alimentação mais saudável, mudar seu modo de comer, pode mudar a quantidade de azia que sente, já que a azia na sua maioria está ligada a alimentação.

Em farmácias podemos encontrar muitos antiácidos, porem se consumidos em excesso pode alterar pH do estomago, dando início a um problema futuros nesta região, vale ressaltar que a azia não é vista como uma doença e sim como uma disfunção estomacal.

Leve o tratamento a sério!

Porém não é porque não é considerado doença que podemos esquecer que a azia deve ser tratada e não devemos deixar de lado, procure um médico e relate o acontecido, pois a mesma pode ser apenas um sintoma de uma doença maior e que se diagnosticada rapidamente, haverá mais chances de realizar um tratamento eficaz.

7 TIPOS DE MEDITAÇÃO: Passo a passo de como fazer

Toda vez que pensamos em meditação a primeira coisa que nos vem à cabeça é Budismo e sua pratica religiosa, porem isso é um ledo engano, pois os modos e tipos de meditações vem crescendo em quantidades consideráveis, nos dias de hoje.

Vivemos numa época onde o tempo é a única coisa que não temos disponível, o stress, ansiedade, ansiedade e depressões nos atinge de um modo que nem sempre podemos dar cuidar, ou quando damos atenção a isso vamos a médicos que receitam remédios.

Com isso, e felizmente, surge métodos das mais variadas formas para que possamos ter um momento de paz e calma na vida agitada.

Como fazer meditação?

Vemos então que um dos milhares modos de obter essa relaxamento, paz e calma é a meditação, ela serve, desde, conseguir uma paz interior plena, aguentar um dia cheio de trabalho ou compromissos, e evitar ou até mesmo tratar alguns
problemas seja ele mental quanto problemas de saúde.

Como podemos deduzir pelo nome a meditação vai além do trabalho corporal, ele é um nível acima de qualquer coisa, pois diferente da massagem, que também é um modo de relaxamento, a meditação exercita a mente, mais especificamente é um exercício ‘pensante’, ele não trabalha seu estado físico, mas sim o estado mental do indivíduo.

Aqui será apresentado 7 tipos de meditações e uma breve explicação, alguns para que possa ser realizado em casa, em seu horário livre e no trabalho, ou alguns que precisem de um curso inicializando a pessoa, mas na base todos podem praticar onde quiser e os cursos oferecidos não são obrigatórios.

Meditação BUDISTA

Esse tipo de meditação que além de estar ligado aos praticantes de Budismo, não é
exclusivo dos mesmos, afinal somos livres para tentarmos novas experiência, e ainda mais uma experiência tão gratificante, sua origem se dá na índia.

A meditação Budista segue um pequeno ritual, que é muito famoso por passar em
filmes, seriados e muito mais.

Ele é bem simples e pode ser realizado em qualquer espaço silencioso, pois você precisa sentar-se na famosa posição de lótus, repousar as mãos no colo, algumas pessoas fazem com as palmas da mão virada para cima e outras com as mãos unidas formando um O, e repetir um mantra afastando todo o tipo de pensamento que invadir sua mente, se aperfeiçoando a ponto de se desligar de todos os desejos inerente ao ser humano.

Meditação ZAZEM

Essa meditação é uma vertente do Budismo, se difere do Budismo ao ponto onde eles buscam esvaziar a mente de qualquer pensamento, é a técnica do não-pensamento, busca analisar o interior das pessoas, batimentos cardíacos, respiração, etc.

Por ter sua origem na meditação Budista a posição que se utiliza neste método é o mesmo.

Meditação TRANSCEDENTAL

Nesta modalidade de meditação não há ligação religiosa, buscando apenas que se
desligue e excite o mínimo possível de sua mente, é conhecida como MT, tendo um curso que realizado os praticantes já conseguem realizar tal meditação, é um método que nos leva a conhecer internamente, e como não mantem foco em nada é o que pode levar ao nível mais alto da meditação, trazendo a meditação para seu interior.

IOGA

A ioga em muitas vezes é ligada apenas nos exercícios para aumentar a flexibilidade, mas muitos já praticam a ioga na forma de meditação, existe muitas posturas que ligadas a respiração controlada o estado ‘zen’ é facilmente atingido.

CHI KUNG

A Chi Kung de origem chinesa também é conhecida como Qi Gong, essa modalidade
difere-se das outras, pois junta o estado mental, físico e espiritual da pessoa praticante, possui movimentos lentos e articulados na tentativa de acalmar, faz parte da famosa medicina Chinesa.

Existe o TAI CHI que também é uma modalidade de meditação que muitas vezes é
confundida com o Chi Kung, por ser ambos de origem chinesa e com práticas muito parecidas, porem quando os movimentos são postos em ação, o resultado final do Tai Chi é constituído em uma luta.

Meditação VIPASSANA

É considerada um ramo do Budismo, a posição que é utilizada é a meio Lotus, que
diferencia da Lotus utilizada no Budismo no enquadramento dos pés onde somente um é levantado e o outro se encontra abaixo do joelho.

Neste meio de meditação nos focamos na respiração, se concentrando na mente, buscando ver as coisas como ele realmente são.

Meditação GUIADA

É uma modalidade de meditação recomendada para iniciantes, onde professores
experiente te ajuda a chegar ao momento ‘zen’, neste modo de meditação pode ser encontrado muitos vídeos de auxilio, e uma das coisas que mais ajuda meditação é uma música calma, ou sons de agrado pessoal como trilha sonora para sua meditação.

A posição pode ser a que lhe mais for confortável.

A meditação num modo geral ajuda evitar o stress, hipertensão, ansiedade, hiperatividade e insônia, melhora na concentração, aumenta o bem-estar, e auxilia em muitos tratamentos gastrointestinais, circulação, dores no corpo e por aí vai, os auxílios que a meditação pode gerar no corpo é variável de pessoa a pessoa.

O período de meditação varia também de cada praticante, podendo ser de 10 minutos até horas, depende do nível e claro do tempo disponível.

A maior importância que temos que dar no momento da procura por modos de meditação é o que procuramos com aquilo?

Paz, calma, harmonia, experiência espiritual, e, ou bem-estar, tudo isso para sabermos o tipo de meditação.